Top 5 Dragon Ball Z Games

Dragon Ball certamente é o anime com mais títulos de jogos de vídeo game produzidos!

Desde a década de 80 temos jogos sendo produzidos e para praticamente toda e qualquer plataforma jogável já lançada no mercado!

Listo abaixo, o que na minha opinião são os 5 melhores jogos de Dragon Ball já produzidos até hoje. Espero que você goste!

Top 5 Dragon Ball Z Games

5. Dragon Ball Z: Budokai 3

Construído em uma base sólida estabelecida pelos dois títulos Budokai anteriores, Budokai 3 é um jogo de luta com um modo de história realmente robusto e um elenco impressionante de personagens que precisa ser desbloqueados.

A mecânica de combate tem muita profundidade, com uma curva de aprendizado íngreme, e os personagens tem características únicas…

O modo Dragon Universe, que é o modo de história de Budokai 3, tem 11 personagens jogáveis; cada um com seu próprio conjunto de missões e narrativas.

Depois que um é selecionado, os jogadores viajam através de um mapa enorme, para recriar lutas dos quatro arcos principais de Dragon Ball Z.

Budokai 3 é facilmente o melhor jogo de luta 2D com a licença Dragon Ball, e ele usa eficientemente esse estilo de jogo para criar uma experiência competitiva.

4. Dragon Ball Z: Supersonic Warriors

Como esta lista mostra, Dragon Ball Z provou ser uma licença frutífera para jogos portáteis.

Antes do lançamento dos Supersonic Warriors, ainda não havia um jogo de luta portátil decente, com os melhores títulos seguindo uma fórmula mais RPG.

Isso mudou em 2004, com o lançamento do jogo da Arc System Works para o Game Boy Advance.

Embora o elenco seja bastante pequeno em comparação com a maioria dos lançamentos de console, com apenas 13 personagens jogáveis, Supersonic Warriors mais do que compensa isso, oferecendo um modo de história fantástica.

Cada personagem tem seu próprio cenário para jogar, que varia em grande parte do anime e três níveis diferentes para desbloquear.

Por exemplo, Goku teria sua forma normal, Super Saiyan e Super Saiyan 2.

O combate é direto, mas satisfatório; com ataques corpo a corpo, explosões, KI e alguns movimentos e poderes especiais.

 

3. Legacy of Goku 2

Após o primeiro Legacy sem brilho, esta sequência pegou as pessoas de surpresa…

Não só conseguiu melhorar de forma única o original, o Legacy of Goku 2, demonstrou que a franquia não precisava se concentrar exclusivamente na criação de jogos de porrada para ter sucesso.

Embora tenha havido lançamentos como Legendary Super Warriors, este jogo GBA é lembrado com carinho até hoje.

Um RPG de ação definido em um ambiente 2D, com uma lista jogável composta por Goku, Gohan, Vegeta, Trunks e Piccolo;

Legacy of Goku 2 cobre os arcos dos Andróides e de Cell.

Cada personagem pode ser nivelado, e as transformações também podem ser desbloqueadas à medida que a história avança.

Ao lutar contra um inimigo, os jogadores podem escolher entre um ataque corpo a corpo ou energia, o que inclui alguns movimentos de marca registrada para cada herói.

Este é um dos jogos mais fáceis para simplesmente pegar e jogar. Além do modo história, também há missões secundárias, que podem levar a lutas de bosses opcionais (como Cooler).

2. Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 3

Com 161 personagens jogáveis, Budokai Tenkaichi 3 possui a segunda maior seleção de personagens jogáveis de história!

Embora atravesse todos os arcos principais; incluindo os da série original, GT e os filmes – algumas lutas foram descartadas e acabou sendo consideravelmente menor do que o modo de história padrão para a série Budokai e Budokai Tenkaichi.

Isso não era necessariamente uma coisa ruim, pois não é como se não tivéssemos jogado as mesmas sagas um milhão de vezes antes, então a mudança de foco para a lista foi bem-vinda.

Mecanicamente, Tenkaichi 3 é fluente e uma alegria para jogar, com alguns novos combos sendo introduzidos.

Existe também a opção de se transformar em um grande macaco se lutar em uma arena noturna, o que nunca foi feito antes.

1. Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 2

Tenkaichi 2 ainda possui um fantástico conjunto de personagens jogáveis, com pelo menos 129 disponíveis em todas as versões; tirado da Dragon Ball Z, GT e dos filmes.

Depois que um personagem é escolhido, os jogadores podem viajar através de um grande mapa à procura de inimigos, cápsulas de habilidade e bolas de dragão.

Os resultados de uma luta também podem mudar a trajetória que a história leva…

Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 2 fornece a combinação perfeita de história, jogabilidade suave e um fluxo aparentemente interminável de desbloqueáveis.

É um jogo obrigatório, não só para os adeptos da franquia, mas para os jogadores em geral.

No futuro, é provável que vejamos mais uma dúzia de jogos com o nome Dragon Ball sendo lançados…

Como com qualquer licença, alguns serão francamente terríveis, mas alguns selecionados poderão desafiar os jogos listados acima.

Com o ressurgimento que o anime viu devido ao Super, é um momento fantástico para ser um fã de Dragon Ball.

Você acha que há outro jogo de Dragon Ball que devemos ter incluído? Por favor, avise-nos na seção de comentários!

Dragon Ball Z Arcade (1993) – Comentários De Akira Toriyama E Design Do Gabinete Original

A edição de fevereiro de 1993 da revista V-Jump da Shueisha – então ainda ativamente marcada com o título completo de “Virtual Jump” – contém uma riqueza de cobertura sobre Dragon Ball, incluindo: promoção para o próximo filme de Dragon Ball Z; uma prévia do primeiro jogo Dragon Ball Z: Super Butōden no Super Famicom, bem como seu comercial de televisão CG-heavy;

Talvez o mais notável sobre o jogo de luta arcade seja a inclusão de um comentário do próprio autor original Akira Toriyama:

“É uma honra ter a máquina de arcade que eu projetei tomar forma assim. Fiquei realmente tocado!

E, além disso, é excitante poder jogar um jogo do meu próprio quadrinho. Eu realmente quero tentar minha mão em jogar logo.

Realmente será uma longa espera até as férias de verão!”

Na verdade, Toriyama projetou o gabinete de arcade atual que inauguraria o videogame! O design do robô é semelhante ao Robo da Chrono Trigger, que ainda estava a dois anos antes do lançamento neste momento, e parece até mesmo com Magetta de Dragon Ball Super.

A cobertura da revista explica como um protótipo para o gabinete foi projetado inicialmente fora da madeira, embora a versão final fosse feita de metal e os pés estavam ligeiramente ajustados para que a máquina não caísse.

O jogo de arcade de 1993 exibia um trabalho de sprite muito maior do que se podia ver nos consoles domésticos da época e incluiu oito personagens principais jogáveis (com um desbloqueio de bônus do Goku Super Saiyan).

Confira Abaixo O GamePlay Deste Marcante Jogo De Dragon Ball Z Arcade!

Toriyama comentou muito poucos jogos ao longo dos anos; Estes incluíram um esboço e um comentário para o lançamento do arcade Super Dragon Ball Z de 2005 e, mais recentemente, um comentário em apoio ao próximo jogo de luta dos consoles doméstico Dragon Ball FighterZ de 2018 que sairá principalmente para as plataformas Xbox One e PS4.

É muito interessante notar como que desde 1993 para cá a moda dos jogos de Dragon Ball Z continua em alta em fazendo um estrondoso sucesso no mundo todo!

A cada ano que passa os jogos ficam cada vez mais sofisticados, bonitos e divertidos de serem jogados trazendo diversão para pessoas de todas as idades!

Deixo abaixo para você assistir um vídeo muito legal falando sobre a evolução dos jogos de Dragon Ball Z desde o lendário NES até os consoles atuais como Xbox e PlayStation. Confira!